A educação por Içami Tiba: ‘falta cidadania familiar’

16abr08

Içami Tiba

Jovens indisciplinados, sem limites, pais à beira de um ataque de nervos… Ultimamente, falar de indisciplina e agressividade dos mais novos parece chover no molhado. O psiquiatra e escritor Içami Tiba que o diga.

Especialista em temas inerentes à adolescência, autor de mais de 22 livros e com 3.300 palestras no currículo, o psiquiatra afirma que a falta de limites carrega o peso de ser a responsável por uma geração desinteressada e sem cidadania.

“Os pais aceitam que os filhos façam o que têm vontade para não contrariar, achando que assim eles serão líderes. É um engano.”

De acordo com o psiquiatra, cobrar bons exemplos é a receita para a consolidação da cidadania, em vez de copiar más condutas. E isso pode ser aprendido em casa.

“Os pais não podem perder de vista o sentido educativo das coisas, principalmente do dinheiro. Isso é ter responsabilidade.”

Leia a seguir trechos da entrevista concedida a O Diário:

O senhor já fez mais de 2.500 palestras sobre disciplina e limites. As pessoas não entendem o que está sendo dito ou o tema exige essa repetição toda?

“Eu acho que os pais perderam a referência de educação e passaram só a prover sem autoridade. Os filhos não ouvem os pais, fazem o que têm vontade e os pais acabam aceitando para não contrariar, achando que se o filho fizer o que tem vontade será um líder. Aí que está todo o engano de posição na vida. Líder não é aquele que faz o que tem vontade, mas faz com que o outro produza o melhor que pode. É um gerenciador de pessoas e não um escravo. E os pais se colocam na posição de escravos da vontade dos filhos, estão sendo tiranizados.”

Desde quando isso tem ocorrido?

“Há cinco anos era menos. Depois do lançamento do livro “Quem ama, educa”, em 2003, muita gente começou a acordar para o problema. E sempre tive muito movimento no consultório, que reflete a sociedade.”

É um termômetro?

“Sim. Neste período as problemáticas mudaram. Mães que não sabem o que fazer em casa, filhos tirânicos, enfim, demonstrações da perda de controle sobre a educação. E aí eu vi que está faltando a cidadania familiar, aquele esquema de educação que seja um projeto e não algo que se dá na base da perda do controle e das emoções. Por isso reescrevi o livro Quem ama educa! Formando cidadãos éticos. Esta é a maior preocupação hoje. A indisciplina resultou em uma geração de adolescentes que não está bem, sem persistência, sem cidadania, desinteressada, que não agüenta contrariedades.”

A impunidade, que impera nos estratos sociais e políticos mais altos, não contribui com isso?

“E é isso o que quebra o padrão educativo da cidadania. Ele não é cidadão quando copia maus exemplos em vez de exigir que as pessoas dêem bons exemplos. “Já que todo mundo faz, vou me permitir a fazer também”. Esse é um grande erro. Ninguém pode achar que vai poder fazer o que tem vontade e ponto final. Agora, onde se aprende isso? Em casa. De que maneira? Por meio do desvio de verba.”

Como é isso?

“A criança pega dinheiro para o lanche mas gasta em figurinha. E os pais ficam quietos. O que aconteceu? O pai deixou de olhar para o sentido educativo do dinheiro que é a responsabilidade que o filho deveria ter tido. O dinheiro não era dele, filho, era do pai. O político faz o quê? Pega o dinheiro do povo, para aplicar em Educação e gasta tudo em figurinha. Então nós temos que construir uma nova geração para o Brasil que vamos deixar. Esse é o meu sonho.”

Via Jornal O Diário do Norte do Paraná

Artigos relacionados:

Palestra “Não nascemos prontos”, por Mário Sérgio Cortella.

Mário Sérgio Cortella e o estoque de conhecimento.

Zygmunt Bauman: Vida para consumo, a transformação das pessoas em mercadoria.

A Era dos temores em Medo Líquido. Novo livro do maior sociólogo da atualidade, Zygmunt Bauman.

About these ads


18 Responses to “A educação por Içami Tiba: ‘falta cidadania familiar’”

  1. 1 Ana

    estou lendo ADOLESCENTES:QUEM AMA EDUCA estou achando otimo,parabens.

  2. Olá Ana,

    este livro é maravilhoso mesmo, não??!!

    Abraços

  3. 3 Nilva Oliveira Barbieri

    Olá, sou a Nilva.
    Li este livro Quem ama educa, achei maravilhoso e aprendi muito com o livro, e estou aprendendo. Doutor Içami Tiba está de parabéns!!!!
    Abraços

  4. Olá Nilva,

    obrigado por deixar um breve relato do que achou do livro.

    Abraços

  5. 5 MÔnica Farias

    Olá,li o livro Quem Ama Educa e achei maravilhoso pois tenho um filho de 6anos,e ele tem me ajudado muito na sua educação, parabéns por esta obra maravilhosa.

  6. 6 Adriana Reyes

    Sou educadora e vejo que hj ficou toda a responsabilidade não só da Educação formal, como também da informal para nós professores, combrança esta feita não só pela sociedade, mais também pelas instituições formadoras do seguimento privado ou estatal. Sendo assim recomendo que se faça uso da leitura do livro “Quem Ama Educa” para que possamos construir uma sociedade mais humana e justa.

  7. 7 fabiananat

    Li o livro FAMILIA EM ALTA PERFORMANCE e gostei muito pretendo ler os outros

  8. 8 silvana

    Sou admiradorar do trabalho do Sr. e gostaria de poder fazer um projeto dentro desta sua linha de trabalho.
    abç

  9. gosto muito do seu programa na rede vida

  10. 10 paula

    vc acha que um filho que rouba a propria mae tem concerto:::
    devo entregar a poilicia ou tentar remediar a situacao
    estou sem parametro e pedida preciso de uma orientacao

  11. 11 Simone Tolfo Heman

    Tenho um filho de 3 anos de idade, e desde que soube que estava grávida já comecei a ler o livro QUEM AMA EDUCA, é maravilhoso sigo a risca todos as informações.
    Não perco um programa na rede vida.

  12. 12 Laércio

    Boa Tarde…!!!

    A educação provem de casa, o esclarecimento nas escolas e Faculdades , porém a falta da qualidade nos ensinos, deixam nossos filhos vulneráveis as drogas ( CRACK ), veneno quem vem matando nossos semelhantes, e politicos nada fazem…!!!
    Eu Laércio, tenho um fóco nesta area, e gostária de ter um e-mail do Dr e Professor Içami Tiba, para possilvemente eu adquirir um melhor esclarecimento e até mesmo, aceitar opiniões…!!!
    educacaomaisesportes@gmail.com

  13. adoro içamitiba

  14. 14 Fátima Aparecida Ferreira Marques

    Já li seu livro:QUEM AMA EDUCA e amei.Assisti uma palestra com o Senhor no Colegio NS de Lourdes na cidade de Lavras Minas Gerais.
    Sou professora Municipal na cidade de Ribeirão Vermelho que é bem perto de Lavras,como estou com um problema com um aluno,gostaria se possível contar com sua ajuda.Trabalho na Educação Infantil no Primeiro Período portanto o menino tem 4 anos.
    ESte menino é fiho de pai desconhecido.Amãe é surda muda e essa mãe teve pouco tempo na APAE.Ela também é bastante indisciplinada.Ele mora com a mãe,avó e padrasto . Esse menino na escola,morde,bate,cospe nos coleguinhas.Já recorri à diretora não tive ajuda e nem da psicologa. O que que eu faço Doutor?

  15. 15 Fábio Costa

    Dr. Içami Tiba é um guia de como lidar com os filhos, e isso irá refletir no sucesso escolar da criança, do adolescente e dos jovens. Pois a indisciplina na escola está sendo responsável por parte do fracasso escolar, e isso deve começar a ser corrigido no ambito familiar. Abraço a todos.


  1. 1 Palestra “Não nascemos prontos”, por Mário Sérgio Cortella. « Estratégia Empresarial
  2. 2 A competência de educar é de quem? #educacao | Educa já
  3. 3 Educar – A quem compete? | Educa já

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 65 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: