Empório Santa Maria investe em máquina italiana de vinhos

20set08

Dias atrás, no Guia da Folha saiu uma matéria sobre o Empório Santa Maria que foi todo repaginado e está sob a direção do grupo St. Marche desde o fim de 2007, na avenida Cidade Jardim (região oeste da capital paulista). O estabelecimento passou por uma reforma de 20 dias e reabriu há cerca de dois meses com nova proposta.

A maior atração, no entanto, é a Enomatic, uma máquina italiana de vinhos, com capacidade para 48 rótulos, que pode ser utilizada por meio de um cartão, com seleção de doses de 30, 60 ou 120 ml (os preços vão de R$ 2 a R$ 53), servidas em taças Riedel.

Modelo Enoround da Enomatic

Modelo Enoround da Enomatic

Anúncios


4 Responses to “Empório Santa Maria investe em máquina italiana de vinhos”

  1. 1 Carlos Destre

    Realmente a loja como um todo ficou muito bonita, mas ao meu ver falta ‘alma’, tudo está no lugar certinho, muito chic, mas falta aquele toque de elegância que a antiga familia proprietária tem, veja Daslu. Outro ponto é em relação a equipe de funcionários, creio que nunca mais será como no princípio, que havia atendentes, cultos, em alguns casos bilingue, estremamente amáveis, sinceramente amáveis, não reflexos de treinamentos incansáveis.
    E a maior falta em questão de atendimento, e não é de hoje, é em relação ao atendentes da enoteca, quem teve a oportunidade de conhecer a casa no começo sabe do que estou comentando, os profissionais d’aquela época tinham carisma, cultura, conhecimentos em gastronomia e gerais, verdadeiros gourmands, ou executivos do vinho. Bem agora temos a máquina, que bom…né….

  2. Olá Sr. Carlos,

    infelizmente ao comprar o empreendimento, os atuais gestores não conseguiram adquirir “a alma, atendentes cultos, em alguns casos bilíngues, extremamente amáveis, sinceramente amáveis, não reflexos de treinamentos incansáveis.”

    Como o sr. mencionou. Infelizmente na compra de um empreendimento estas “qualidades” não vem no “pacote”.

    Seria o ideal, as facilidades da modernidade como esta máquina italiana com as qualidades que o sr. mencionou, mas isto somente com muito esforço e trabalho, e o chamado “umbigo no balcão” do proprietário!

    Fica a dica para que o sr. como cliente seja ouvido pelos gestores e com o tempo eles consigam resgatar estas qualidades perdidas com o tempo.

    Obrigado por deixar a sua mensagem aqui no blog e enriquecer este artigo.

    Abraços

  3. Olá, infelizmente e ou felizmente eu não posso tirar e ou retirar a razão do Carlos, mas posso salientar que toda e qualquer empresa passa por reestruturações e mudanças! Criar uma boa estratégia de ação, nem sempre é trazer algo inovador! Pois o inovador é sempre ultrapassado por demais inovações alheias! Eu acho que a confiança seria o primeiro passo correto do mais novo proprietário e posso salientar que existem mil maneiras de ¨turbinar¨ o público interno, pois nem sempre um bom trabalho é realizado com eles!! As vezes o ser humano acorda triste, chato, cabisbaixo e até mesmo perdido no mundo e é neste momento que ele precisa ouvir palavras que o façam acordar, pois um ser humano como este, acaba desmotivando os demais funcionários da empresa!!
    Falhas possuem consertos e erros são transformados!!!
    Acredito que este muro seja grande demais, mas acredito que este muro pode ser ultrapassado, basta acreditar!!

    Shoiti Sato
    OBs: Desculpe por responder isso agora!

  4. Olá Shoiti,

    sábias palavras, as suas colocações, e obrigado por deixar a sua mensagem aqui no blog.

    Abraços


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: