Ricardo Eletro: A noiva da vez no setor varejista de eletrodomésticos e eletroeletrônicos

25jul08

A rede mineira Ricardo Eletro está na mira de grandes grupos de varejo nacionais e estrangeiros. O Pão de Açúcar e a rede Elektra, mexicana controlada pelo empresário Ricardo Salinas, deram início a disputa bilionária pela agressiva empresa de eletrodomésticos e eletroeletrônicos que nasceu com apenas 20 metros quadrados em Divinópolis, na Região Central de Minas, em 1989, e deve fechar o ano com 280 unidades em oito estados e no Distrito Federal, com faturamento previsto de R$ 2 bilhões.

A estimativa é de que o negócio da compra da Ricardo Eletro envolva cifras próximas de R$ 1 bilhão. A informação foi divulgada terça-feira, 22.07, pela Revista Época Negócios. Porém, a Ricardo Eletro não confirma a existência de nenhuma negociação. Na terça-feira, o empresário Ricardo Nunes, proprietário da rede, foi procurado, mas não se pronunciou. Ele está em viagem na Turquia.

A aquisição da Ricardo Eletro pode ser interessante para o Pão de Açúcar porque o grupo já divulgou estratégia de diversificação. A tradicional rede supermercadista, inclusive, já vem anunciando em apresentações a analistas o interesse em reforçar a posição no segmento de eletroeletrônicos com a compra de uma marca forte. Já para a Elektra, rede mexicana que começou a operar no Brasil em março deste ano, o negócio pode representar uma aceleração no processo de expansão no país. Até então, o grupo tem apenas duas lojas próprias no Nordeste.

A Ricardo Eletro está entre as mais agressivas redes de eletroeletrônicos do país. Os sócios-fundadores, os irmãos Ricardo e Rodrigo, têm afirmado em entrevistas que desde 2004 a rede cresce 50% ao ano. No ano passado, comprou a Lojas Mig, com sede em Uberlândia, e passou da quinta para a quarta posição no ranking de seu segmento.

Com a aquisição da Lojas Mig, a Ricardo Eletro se fortaleceu e passou a marcar presença no país, disputando o mercado com as grandes empresas do setor: Ponto Frio, Magazine Luiza e Casas Bahia. Antes da aquisição, a Ricardo Eletro já tinha forte presença em Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia e Sergipe. Com o negócio, passou a atuar em Goiás, Distrito Federal e no interior de São Paulo. Em março, a rede anunciou um agressivo plano de expansão no Rio de Janeiro que prevê a abertura de uma centena de lojas até o final do ano. Hoje, a rede só não tem lojas no Sul do país e na capital paulista. O fato de estar fora de mercados tão importantes é visto como um trunfo a mais pelos interessados, pois a Ricardo Eletro ainda teria fôlego para crescer.

Segundo fontes que acompanham as negociações, um dos fatores que vem retardando a definição do negócio é a pressão do banco HSBC, parceiro da Ricardo Eletro na concessão de financiamentos. A mexicana Elektra tem sido muito agressiva em suas propostas, mas se a rede for adquirida pelo mexicano Salinas, a tendência é de que o banco seja descartado, pois o principal negócio da Elektra é a concessão de serviços financeiros. No caso do Pão de Açúcar, haveria flexibilidade em negociar a permanência do banco. Procuradas, as duas empresas também não comentaram o negócio.

[via Portal UAI]

Atualizando em 04.02.2009 em reportagem do jornal DCI:

Ricardo Eletro abrirá mais 48 lojas este ano em aporte de R$ 34 mi
A quarta maior cadeia de eletrodomésticos, eletrônicos e móveis do País, a Ricardo Eletro, decidiu na semana passada a aprovação de um forte plano de abertura de lojas este ano, cujo alvo principal será o Estado do Rio de Janeiro. A previsão é que até o final do ano sejam aplicados R$ 34 milhões apenas na abertura de 48 unidades.

Os irmãos Ricardo e Rodrigo Nunes, controladores da varejista mineira, desejam alcançar faturamento de R$ 2,4 bilhões, cifra 26% maior na comparação com o anterior. De acordo com Ricardo, presidente da empresa, “até o momento a empresa conseguiu garantir os resultados, por isso desenhou um forte plano de crescimento para o ano.” Os investimentos programados serão mantidos e se for necessário serão feitos ajustes.

A companhia afirma que o aporte destinado às novas lojas é oriundo de caixa próprio. Apenas as operações financeiras que são realizadas com suporte da Losango, do HSBC, qual tem em disponível aos clientes em linha global de crédito na casa dos R$ 400 milhões. A respeito de uma mudança no comportamento de consumo do cliente, de buscar itens mais baratos, o vice-presidente da rede, Rodrigo Nunes, disse, em janeiro, que ainda não detectou alteração nos hábitos de compras.

No ano passado, a Ricardo Eletro decidiu investir no Rio de Janeiro, fazendo frente a outras redes tradicionais, principalmente como o Ponto Frio. Desde abril já foram abertas 26 lojas e um centro de distribuição, que consumiram mais da metade do investimento de R$ 90 milhões aplicados em todo o ano.

Atualmente, formada por 262 lojas e podendo ultrapassar as 310 até o fim do ano, a varejista, no mercado há 19 anos, “está com boa saúde financeira tanto que ‘namora’ duas outras varejistas no Sul e Sudeste, além de outra possibilidade no Nordeste”, contou o vice-presidente.

Ainda sobre o ano passado, Rodrigo diz que a Ricardo Eletro chegou a conversar com o Grupo Pão de Açúcar para estabelecer uma joint venture, porém, não houve avanço. Ele descarta a ideia de vender os negócios da família, “mas, se houver oportunidade, podemos unir forças com outra rede varejista”, destacou o executivo.

Leia mais sobre a Ricardo Eletro aqui no blog:

Conheça Ricardo Nunes, o proprietário da rede varejista Ricardo Eletro.

Atualizando em 29.03.2010:
Os bastidores da fusão Ricardo Eletro-Insinuante

Atualizando em 29.03.2010: A holding do varejo Máquina de Vendas vai investir R$ 50 mi e abrir 50 lojas em 2010



13 Responses to “Ricardo Eletro: A noiva da vez no setor varejista de eletrodomésticos e eletroeletrônicos”

  1. 1 Josué Rodrigues

    Senhores,

    Sabedores do processo de expansão que envolve esta empresa no mercado de varejo(eletro) do Rio de Janeiro, gostariamos de apresentar uma excelente àrea/galpão, que tem tudo a ver com o vosso perfil!!
    Se possivel entrar em contatos:

    (21) 7813-4929

  2. Olá Josué,

    infelizmente eu não tenho nenhum vínculo com a empresa e tampouco com qualquer um do corpo executivo da Ricardo Eletro.

    Sufiro entrar em contato diretamente com a empresa.

    Abraços

  3. 3 Josué Rodrigues

    Prezados Senhores,

    Estamos com uma excelente oportunidade para expansão de uma loja desta conceituada rede aqui no Rio. Trata-se de um pontaço comercial, em àrea de grande volume de negócios, ao lado de um grande supermercado e extenso parque de estacionamento. Negócio de ocasião.

    Havendo interesses, favor contatar urgentemente o Sr. Josué – Tel:(021) 7813-4929 – 2425-3818
    PREMIUM CONSULTORIA E CADASTROS FINANCEIROS

  4. Olá Sr. Ricardo Nunes,

    gostaria de fazer parte dessa equipe como forma de propaganda, estampar a marca da ricardo eletrico nas camisas das nossas atletas,do galicia esporte clube,nos procura estamos sem patrocinio,estamos disputando o campionato bahiano 2009/2010.

    grato, José Carlos Santiago.

  5. ola ricardo eletro vcs poderiam ganhar muito dinheiro aqui na zona leste de sao paulo cidade tiradentes os terrenos são baratos e grandes,e naõ tem uma loja boa d eletro e nem informatica temos q ir longe para comprar algo e o mercado negreiros aqui junto a sbprefeitura não tem tanta estrutura para isso esta crescendo mas ainda naõ tem,eu trabalho la e ate sairia de la se me contratase ok pesquise e me fale aguardo vc pessoa,venha aqui fazer uma pesquisa e vai ver q e´verdade posso t ajudar eu moro aqui abçs.

  6. garanto q e´giro certo para uma empresa como a sua m ajuda q t ajudo ok,vai inaugurar uma loja marabraz mes q vem tem loja cem,e e´proximo ao terminal cidade tiradentes onde vai passar o corredor pq d pedro cidade tiradentes em saõ paulo bjs t espero.

  7. 7 VILMAR

    A REDE RICARDO ELETRO SERIA PERFEITA SE TRATASE O CONSUMIDOR COM DIGNIDADE. PARECE QUE ESTÁ DANDO MIGALHAS, VENDENDO ALGUNS PRODUTOS MAIS BARATOS.
    HÁ 1 MES COMPREI 1 GELADEIRA E 1 FOGÃO, QUE A RICARDO ELETRO NÃO ENTREGOU, ATÉ HOJE (13/11/09). JÁ PASSEI MAIS DE 20 E-MAILS PARA O SAC E NÃO OBTIVE NENHUMA RESPOSTA. O TELEFONE DE ATENDIMENTO É INOPERANTE. OS ATENDENTES ESTÃO SEMPRE OCUPADOS. O DESCASO É IMPRESSIONANTE.

  8. 8 TERESINHA DUTRA

    Quero deixar aqui o meu agradecimento ao Rodrigo Nunes, estava numa loja do Ricardo Elet e chegou o Rodrigo, me aproximei e falei o que estava acontecendo, na mesma hora ele pegou o celular e resolveu o meu problema, em relação a montagem, e ainda me deu o seu celular para quaisquer problemas posteriores. Foi de uma gentileza IMPAR. rEALMENTE GANHOU UMA CLIENTE E ONDE EU PUDER VOU FALAR DESSE ATENDIMENTO EXPETACULAR. Isso não e comum pra um vice-presidente, DEIXO AQUI RODRIGO O MEU MUITO OBRIGADA. TERESINHA C.G..
    SUCESSSSSSSOOOOOOOO…….

  9. 9 ex gerente

    Sim, em si tratando do vice-presidente as coisas se resolvem mas qualquer gerente que seja nao ira resolver pois, os que estao do outro lado,(nos bastodores, os que teem que resolver nao resolvem.), e os gerentes sao xingados de nomes horriveis, estou dizendo por que nao aquentei mais a pressao, o fato, que o Ricardo e um grande empreendedor, seus vendedores e gerentes sao mágicos fazem qualquer negócios, dão lucro. más a logistica e o rh deixam a desejar e os gerentes e vendedores ficam refens de transportadoras incompetentes, montadores(as) inesperientes e que que nao conseguem cumprir seus afazeres, nao faço mais parte do grupo, mas todos voces que reclamam deveriam respeitar vendedores e gerentes que estao ali na ponta, pois a maioria das coisas que acontecem de entrega ou montagem na depende dos mesmos e sim de outros que pouco importam com os problamas alheios. ex gerente de qulaquer lugar.

  10. 10 kleyton lopes

    ñ comprei nada nessa empresa e veio cobrando um valor 10×29,90 no meu cartão vu processar essa empresa

  11. 11 Fernanda Carvalho

    Efetuei uma compra na Ricardo Eletro.com no dia 07/11/2012 às 15:48 a compra foi para a transportadora no dia 11/11/2012 às 11:07 com a previsão de entrega para: 26/11/2012 e até agora nada, já liguei duas vezes e é sempre a mesma coisa, aguarde que dentro de 4 dias entraremos em contato.
    NÃO RECOMENDO COMPRAS NA Ricardo Eletro.com


  1. 1 Conheça Ricardo Nunes, o proprietário da rede varejista Ricardo Eletro. « Estratégia Empresarial
  2. 2 Grupo Pão de Açúcar comprou a Rede Ricardo Eletro? « Estratégia Empresarial

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: