Cosan e Esso: algumas análises preliminares.

25abr08

Algumas considerações à respeito da notícia de hoje:

Normalmente em processos de fusões e/ou aquisições existem negociações nos bastidores que nem sempre vem à tona. Os conflitos de interesses são imensos e dos mais variados.

A realidade de mercado atual é muito claro: a Petrobras manda e desmanda e ponto final.

Dizer que a maior e melhor proposta foi da Cosan é de uma simplicidade que não cabe a mim julgar.

Então, a Petrobras saiu derrotada desta “disputa”? Seria também ingenuidade acharmos isto.

Antes da notícia da venda da Esso, tínhamos dois grandes ativos à venda no país. Esso e Texaco. Com certeza a Petrobras pesou na balança e muito provável que ela fique agora com a Texaco. O quer espero não acontecer.

Na minha humilde opinião, não gostaria. Mais concentração de mercado?

O bem da verdade, para a Petrobras seria melhor os ativos da Esso cairem nas mãos do Grupo Ultra ou da novata Cosan?

A Cosan é uma baita empresa, tem um parque fabril em etanol fabuloso e os ganhos de escala, logística, enfim sinergias serão enormes.

Mas o mercado de distribuição de combustíveis no Brasil é extremamente complicado. A ponto de ambas multinacionais saírem – estavam e ainda continuam “patinando” a anos, apesar de ser uma política mundial delas no momento focarem em extração e refino de petróleo, inclusive no Brasil, muito mais favorável e rentável. O último balanço da Exxon/Mobil foi de “apenas” um pouco mais de 40 bilhões de dólares líquido.

O próprio mercado sinalizou isso com a desvalorização de suas ações. Informalmente conversei com um executivo da área e a dúvida é essa mesma. A empresa conseguirá ter a expertise em administrar tamanha encrenca? As margens praticadas no mercado de álcool, tanto anidro como do hidratado, são baixíssimas.

Outra questão é a enormidade de postos bandeiras branca deste mercado. E que está aumentando ano a ano. Mesmo com lei proibindo isto. A Cosan está preparada para isto? O corpo gerencial atual da Esso vai conseguir? Isso só o tempo dirá…

Anúncios


9 Responses to “Cosan e Esso: algumas análises preliminares.”

  1. GOSTARIA DE EXPRESSAR MEU PONTO DE VISTA,POR TRABALHAR EM PESQUISA DE MERCADO,AVALIO QUE, NO BRASIL,É NECESSÁRIO ACABAR COM ESSE MERCADO MONOPOLISTA DOS COMBUSTÍVEIS E COM ESSA FALTA
    DE RESPEITO AS LEIS,COM A VENDAS DE COMBUSTÍVEIS ADUTERADO,POS TOS SEM BANDEIRA,OU SEJA,SEM O MÍNIMO DE FISCALIZAÇAO,E SE TEM,QUE A MESMA NÃO SE SUBORNE,PORQUE É ASSIM, O PAÍS EM QUE VIVEMOS,” TERRA DE ÍNDIO”,COMO DIZ O DITADO.

  2. Olá Milena,

    obrigado por deixar a sua mensagem no blog.

    Abs

  3. 3 santa maria revendedora de combustiveis 100978

    espero que a cosan tenha mais respeito com o revendedor do que a esso ,pois nao consigo contato. estou muito prejudicado com contante falta de combustivel; melevando a perde muitos clientes; e a esso nao tem interesse no cliente pois nada faz para nos atender . por favor entre em contato com este revendedor afrito e desmotivado com esta cia. fone (81)9965-1825

  4. Olá,

    infelizmente não tenho vínculo com empresas citadas aqui no blog, muito menos a Cosan e a própria Esso.

    Se eu estivesse em seu lugar procuraria outras bandeiras, principalmente as regionais que estão querendo um “lugar ao sol”, enfim, vender combustível. Procure fazer uma pesquisa com outras distribuidoras.

    E até mesmo analisar o contrato que você tem firmado com a distribuidora e procurar os seus direitos…

    Não vejo de outra forma a não ser assim, por bem ou por mal a empresa com quem você tem uma parceria deve tratar o seu cliente da forma como foi estabelecido em contrato, caso contrário é procurar alguém que o faça.

    Qualquer coisa estarei à disposição.

    Espero ter ajudado,

    Abs

  5. 5 M G

    Olá A todos, trabalho para a ESSO e estou participando da transição da COSAN, senhora santa maria não coloque seu numero de cliente (ship-to) na internet. Se vc esta em Run out, vc deve ligar para Esso Line e os informar para que isso conste na base de dados, depois vc pode colocar uma reclamação que será tomada com muito mais critério, já que existe um histórico do problema. Porém sua aflição nos trás algo real, o problema real, não são os postos, sendo bandeira branca ou não a companhia tem que investir em melhores desenhos de frota com taxas mais agressivas, o cliente bandeira branca também pode comprar com a frota da ESSO, desde que nossas taxas sejam mais baratas que uma FOB, isto se alcança com um bom desenho de frota e também com uma infra-estrutura para que os postos recebam caminhões maiores.

  6. Olá MG,

    bom, não sou da área, tampouco entendo de distribuição de combustíveis, mas agradeço a sua contribuição aqui no blog.

    Abraços


  1. 1 Mercado de combustíveis: Grupo Ultra compra Texaco e BR Distribuidora fica com os ativos da Esso. « Estratégia Empresarial
  2. 2 Exxon Mobil tem lucro recorde no 2º trimestre de 2008. « Estratégia Empresarial
  3. 3 Confirmado: Por U$ 1 bilhão, Petrobras e AleSat adquirem a rede de postos Esso no Brasil. « Estratégia Empresarial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: