Nizan Guanaes: “Quero que o Brasil seja temido criativamente”

15abr08

Quando uma pessoa como Nizan Guanaes têm algo a dizer é bom prestar atenção, afinal um profissional que ultrapassa o limiar da sua profissão (Nizan é administrador que virou redator publicitário) e torna-se não somente um dos melhores publicitários do mundo e muito além, um empresário de sucesso – mais além – pensa grande – em um País acostumado a dizer amém ao exterior e que tudo de fora é sempre melhor – isso mesmo – devemos prestar atenção.

Figuras públicas acabam se tornando referências por bem ou por mal. Quer queira, quer não, suas ações e palavras refletem em milhares de pessoas.

Nizan faz parte de uma elite empresarial recente, assim como Eike Batista, que pensa grande, como dizia uma campanha do jornal Estadão, que pensa ÃO (criada pela Talent).

Nizan é assim, uma avalanche e como dizem…baiano não nasce…estréia…deve ser.

Quando falo em avalanche muitos devem pensar na figura do arrogante, pelo contrário, um trator que pensa em mudar para melhor este País deve sim ter o caminho para “arear”, “plantar” e “colher” o sucesso que tanto precisamos para o bem de uma nação.

Eis a palestra de hoje:

Nizan Guanaes foi o primeiro palestrante do segundo dia da 22ª Semana da Criação Publicitária. Foi ovacionado pelas quase 500 pessoas presentes no evento.

O empresário reforçou que atualmente qualquer pessoas que queira trabalhar em uma agência de publicidade tem de se preocupar, em primeiro lugar, em ser um bom planejador.

“A Africa só vai para frente porque sou um homem de planejamento. Primeiro monta-se a estratégia, depois a tática. Se você quer ser um grande homem de criação, seja um homem de planejamento”, disse o palestrante.

Com o tema “Por que construir um grupo de comunicação no Brasil”, Nizan falou sobre a importância do brasileiro deixar de lado o complexo de inferioridade e se habilitar para ser um profissional global.

“É preciso saber línguas, viajar, ler. Se você não tem isso, não há como competir no mercado. Nem aqui, nem em lugar nenhum do mundo. Cecília Meirelles tem uma frase que gosto muito: ‘a vida só tem sentido quando você se reinventa’. Eu me reinventei”.

Segundo o publicitário, o Brasil vive um momento maravilhoso e reafirmou que seu papel na publicidade, hoje, não é mais carregar toda a criatividade do Brasil.

“Eu já fiz isso, por muitos anos. Carreguei a criatividade brasileira. Agora, meu papel não é mais ser um Ronaldinho, um Kaká. Eu sou um Felipão, um Zagallo. Meu papel é ser um empresário que viabiliza o mercado. Já lutei para que o País fosse respeitado lá fora, agora quero que seja temido criativamente”.

Dentro do seu discurso, o empresário continua a afirmar que terá uma das maiores empresas do mundo em alguns anos.

“Não é por arrogância, se fosse, vendia tudo e passava o resto da vida tomando vinho. Mas não sei viver sem trabalhar”.

Para finalizar, o publicitário pediu ao público presente:

“não deixem de ter uma mentalidade mundial. Temos de pensar com nossa cabeça, pensar no nosso jogo. E não entrar no jogo das multinacionais. Cada um tem de saber o seu papel na vida”.

Por Cláudia Pereira para PropMark

Manifesto Bossa Nova por uma criatividade brasileira mundial por Nizan Guanaes. Esta palestra foi proferida no IV Congresso Brasileiro de Publicidade. Também vale a pena ver:

Leia mais sobre Nizan Guanaes aqui no blog:

Declaração de Nizan Guanaes: ABC. O Brasil mais internacional é o Brasil mais nacional.

O sucesso na visão do publicitário Nizan Guanaes.

Anúncios


No Responses Yet to “Nizan Guanaes: “Quero que o Brasil seja temido criativamente””

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: