O jovem autista Stephen Wiltshire, o “homem câmera” reproduz Londres após voar a cidade por 5 minutos.

10abr08

Um artista britânico autista reproduziu, com precisão, a vista aérea de Londres em um painel de 4 metros, depois de sobrevoar a cidade por apenas alguns minutos.

Stephen Wiltshire levou apenas cinco dias para produzir a obra, em caneta, tinta e lápis. O artista reproduziu em escala a maioria dos prédios compreendidos nos 14 quilômetros percorridos no vôo, incluindo o exato número de andares e detalhes arquitetônicos das construções mais conhecidas.

Para conhecer a obra em detalhes clique aqui. Vale a pena ver, trabalho fascinante.

A obra, em exposição no prédio da prefeitura de Londres, foi avaliada em 12,5 mil libras (cerca de R$ 42 mil).

O desafio de reproduzir a vista área da cidade foi proposto pelo canal de televisão britânico Channel 5 e virou tema do documentário Human Camera (“Câmera Humana”, em tradução literal), exibido pela rede na quarta-feira.

Em 2001, a BBC fez um desafio similar. No documentário Fragments of Genius (“Fragmentos de um Gênio”, em tradução livre), Wiltshire foi filmado sobrevoando Londres a bordo de um helicóptero e depois completando uma ilustração com escalas perfeitas de 12 prédios históricos e outras 200 construções localizadas nos sete quilômetros quadrados percorridos pelo artista. Ele completou a tarefa em apenas três horas.

Gênio
Wiltshire é considerado um dos 100 gênios autistas do mundo. O talento genial dos autistas já foi explorado no cinema com o filme Rain Man, de 1988, em que Dustin Hoffman faz o papel de um autista que é um gênio da matemática.

No caso de Wiltshire, no entanto, foi o talento como artista que o tornou conhecido. Ele começou a desenhar com apenas 5 anos de idade quando começou a estudar em uma escola para crianças especiais.

Logo as professoras perceberam que o aluno se comunicava através dos desenhos nos quais representava animais, ônibus e carros e, finalmente, construções arquitetônicas.

Ele já desenhou diversas capitais pelo mundo todo, como Tokyo, Roma, Madri entre outras.

O talento do artista chamou a atenção da mídia pela primeira vez em um documentário sobre gênios autistas exibido pela BBC em 1987, The Foolish Wise Ones (“Os Sábios Tolos”).

Desde então, Wiltshire vem realizando diversos trabalhos artísticos. Sua carreira como artista se tornou tão popular que a família abriu uma galeria dedicada à sua obra no centro de Londres, em 2006.

Para conhecer mais sobre este artista e outras obras dele acesse o seu site aqui, ou acesse o canal dele no Youtube.

Fontes:
Estadão
Schema Magazine

Anúncios


5 Responses to “O jovem autista Stephen Wiltshire, o “homem câmera” reproduz Londres após voar a cidade por 5 minutos.”

  1. 1 Conceição

    Simplesmente magnífico. Um Deus escondido, revela-se!
    Tiro o meu chapéu e faço vénia a essas mãos magníficas…
    Parabéns não chega! Obrigada pela partilha é muito maior!

  2. Olá Conceição,

    também fiquei pasmo ao me deparar com a forma deste artista trabalhar e acima de tudo, com o belíssimo resultado.

    Abs

  3. 3 Ricardo Zillo

    um exemplo de pessoa,sem palavras.

  4. 4 LEONARDO

    O apelido “camera humana” se encaixa perfeitamente. No entanto, contas simples de matematica se tornam impossieis para ele.

    Misterios do cerebro humano..enquanto se desenvolve um impressionante talento para o desenho, outras areas são totalmente afetadas.

  5. Olá Leonardo,

    obrigado por deixar a sua mensagem aqui no blog.

    Abraços


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: