Os constrangimentos de um escândalo sexual na família do ex-governador de Nova York, Eliot Spitzer.

07abr08

Enquanto nos EUA um escândalo sexual derruba um governador, por aqui até casa alugada para fins extra-conjugais existia na capital federal! Se mencionarmos outros tipos de escândalos como dossiê e mensalão, também podemos dizer que são coisas que acontecem e a vida continua. Intriga da oposição.

Mas de toda esta história o que me chamou mais atenção foi a Sra. Silda Wall Spitzer esposa do governador acompanhando o marido pedindo desculpas pela sua agenda freqüente no Emperor’s Club VIP. Pelo menos dois anos e uns US$ 80.000 em despesas extra-conjugais. Dinheiro este que todos querem saber de onde saiu…

Admiro a força e a coragem desta mulher aconpanhando o marido com ar patético pedindo desculpas. O que mais constrangedor pode ser para alguém do que esta situação? Difícil dizer, mas mais difícil ainda dever ser para os filhos do casal.

E por falar em constrangimento, o que dizer desta capa da revista New York?!


Imagem via Tiago Dória Weblog

Enquanto uma revista americana faz o que bem entender sobre um escândalo, aqui nos trópicos a imprensa é chamada de incoveniente, aliada da oposição, que ultrapassa os limites e “a toda hora” fazendo tempestade em copo d’água.

Em terra de aloprados vai entender os acontecimentos…

Anúncios


No Responses Yet to “Os constrangimentos de um escândalo sexual na família do ex-governador de Nova York, Eliot Spitzer.”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: