O estrangulamento logístico no Brasil

07fev08

Em 2007, todas as montadoras instaladas no País obtiveram recordes nas vendas de caminhões no mercado interno. O Brasil é o sexto maior produtor mundial com mais de 130.000 unidades em 2007.

Para este ano de 2008 a previsão é um aumento entre 5% a 10% com volume de vendas próximo de 100.000 unidades para mercado interno. Isso, na melhor das hipóteses quanto a ajustes a serem feitos na produção. Ao analisar as vendas no mês de janeiro a previsão está garantida.

Infelizmente, as montadoras não estavam preparadas para este boom em vendas de caminhões, motivando a falta do produto no mercado. Feito igual no mercado de automóveis.

Para Scania o Brasil é o maior mercado. Na Volvo o terceiro maior. Na Iveco a possibilidade real de crescimento frente a mercados mais maduros. Para VW a liderança de mercado, em alguns modelos, após 50 anos da concorrente Mercedes Bens, ainda líder em vendas totais em 2007.

A análise de todas estas notícias não deixam de ser positivas, afinal empregos foram e estão sendo criados.

imglog.jpg

Mas é triste verificar que em um País continental como o nosso o modal rodoviário responda em mais de 60% do total de cargas transportadas. Na década de 50 era de 40%.

Por isso, quando nos deparamos com anúncio do investimento da GE em fabricar no País, suas locomotivas de grande porte é uma dádiva sem tamanho.

O próprio crescimento, na privatização e logo após, a venda das ferrovias é um alento e tanto. Pena o Lula não ter esta visão real dos problemas que o País enfrenta.



No Responses Yet to “O estrangulamento logístico no Brasil”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: